Cloud Computing: desafios da tecnologia na era do trabalho híbrido

Por conta da pandemia enfrentada em 2020, muitas empresas, que não estavam preparadas para atuar de maneira integral no online, foram levadas a investir em infraestruturas online como o cloud computing para atuar digitalmente. 

No entanto, nem todas estavam prevenidas para esse cenário, ou contavam com a segurança em dia para realizar esse movimento. 

No ano passado, segundo dados da empresa especializada em cibersegurança Netscout System, foram mais de 285 mil ocorrências de ciberataques do tipo DDoS apenas na América Latina.

Hoje, mesmo com o retorno aos escritórios, muitas organizações seguem atuando no modelo híbrido ou online e a segurança do cloud computing ainda se faz presente.

Por isso, se você está interessado em promover e garantir o trabalho híbrido na sua organização, mas deseja fazer isso de maneira segura para os dados da empresa, continue a leitura aqui e confira!

A importância do cloud computing para o regime remoto

Uma das principais vantagens proporcionadas pelo cloud computing é a facilidade de acesso remoto. Com essa tecnologia, os colaboradores têm a capacidade de acessar aplicativos, recursos e informações relevantes a partir de qualquer localidade que disponha de conexão à internet.

Isso é fundamental para a operacionalização do home office e do ambiente híbrido, já que possibilita que as tarefas sejam realizadas sem depender da presença física do colaborador em um escritório corporativo.

Além disso, por meio do cloud computing, os funcionários não ficam restritos a um espaço físico específico. Eles podem desempenhar suas funções de maneira eficaz a partir de suas casas, espaços de coworking ou qualquer outra localização que seja mais conveniente. Esse nível de flexibilidade é particularmente vantajoso no contexto de modelos de trabalho híbridos, nos quais alternar entre o trabalho presencial e o remoto é uma realidade.

A colaboração eficiente também é outra característica amplamente potencializada pela computação em nuvem. Plataformas de colaboração, como o Microsoft Teams e o Slack, permitem que membros de equipes interajam, compartilhem informações, conduzam videoconferências e trabalhem conjuntamente em projetos, independentemente da distância física que possa existir entre eles.

Outro ponto importante é que por meio de recursos avançados de autenticação, criptografia e controle de acesso, a computação em nuvem ajuda a salvaguardar dados empresariais sensíveis, garantindo sua proteção mesmo quando os funcionários estão atuando remotamente.

Quais são os 9 principais desafios do cloud computing?

Como foi possível notar, a adoção do cloud computing em modelos híbridos ou de home office oferece muitos benefícios. No entanto, também apresenta desafios que as empresas devem enfrentar.

Alguns dos principais desafios incluem:

  1. Segurança de dados: com o acesso remoto aos dados e aplicativos, a segurança se torna uma preocupação central. Garantir a proteção dos dados sensíveis contra ameaças cibernéticas, vazamentos e acesso não autorizado é um desafio contínuo;
  2. Compliance e regulamentações: empresas precisam cumprir regulamentações específicas do setor e garantir que suas práticas de armazenamento e processamento de dados estejam em conformidade. Isso se torna ainda mais complexo quando os dados estão distribuídos em ambientes de nuvem;
  3. Gerenciamento de identidade e acesso: garantir que apenas os funcionários autorizados tenham acesso aos recursos e dados corretos é um desafio em ambientes remotos. O gerenciamento eficaz de identidade e acesso é crucial para evitar violações de segurança;
  4. Desempenho e latência: dependendo da localização dos servidores em nuvem e da qualidade da conexão à internet, o desempenho de aplicativos e serviços pode ser afetado, resultando em latência e atrasos;
  5. Integração de sistemas: integrar sistemas legados existentes com novas soluções em nuvem pode ser complexo e exigir esforços significativos para garantir a interoperabilidade e a troca eficiente de dados;
  6. Disponibilidade e confiabilidade: dependência total de serviços em nuvem pode resultar em problemas se houver interrupções nos servidores do provedor. Garantir alta disponibilidade e confiabilidade é crucial;
  7. Treinamento e adoção de tecnologia: equipes precisam ser treinadas para usar efetivamente as novas soluções em nuvem, principalmente diante das boas normas de segurança. A adoção bem-sucedida exige familiaridade com as ferramentas e processos;
  8. Gestão de mudanças e cultura organizacional: a transição para modelos híbridos ou de home office pode exigir mudanças culturais e na forma como o trabalho é gerenciado, o que pode encontrar resistência por parte dos colaboradores e alta liderança;
  9. Conectividade confiável: a dependência de uma conexão de internet confiável é fundamental. Problemas de conectividade podem interromper a produtividade e causar atrasos.

Como saber qual o melhor serviço de para o seu negócio?

Determinar o melhor serviço de cloud computing para o seu negócio é uma decisão importante e que requer uma análise cuidadosa. Nesse cenário, primeiramente, você precisa avaliar as necessidades específicas da sua empresa, considerando quais aplicativos, recursos e dados precisam ser hospedados na nuvem. 

É importante entender se a sua preferência é por uma nuvem pública, privada ou híbrida, levando em conta fatores como controle, custo e flexibilidade.

Depois disso, pesquise e compare os principais provedores de cloud computing, como Amazon Web Services (AWS), Microsoft Azure, Google Cloud Platform (GCP) e outros. Analise suas ofertas, serviços e histórico de desempenho para identificar aqueles que melhor atendem às suas necessidades.

Posteriormente, avalie os recursos e serviços oferecidos por cada provedor. Verifique se eles abrangem desde máquinas virtuais e armazenamento até bancos de dados, análise de dados e segurança cibernética. Além disso, considere os custos e modelos de precificação de cada provedor, avaliando se são compatíveis com o seu orçamento e modelo de negócios.

O suporte e os acordos de nível de serviço (SLAs) também são importantes e devem ser levados em consideração na sua decisão. Por isso, certifique-se de que o provedor oferece o nível de suporte necessário para resolver eventuais problemas e manter a disponibilidade dos serviços.

Por fim, a segurança e a conformidade devem ser prioridades. Por isso, verifique as medidas de segurança adotadas por cada provedor, incluindo criptografia, autenticação multifator, multicloud e conformidade com regulamentações específicas do seu setor.

Conheça a solução Cloud Plus da Algar Telecom

O Cloud Plus é uma plataforma de gerenciamento de nuvem que garante maior controle e segurança no armazenamento. Com ele, é possível gerenciar e visualizar todas as informações de forma fácil e otimizada em um painel dinâmico.

Além disso, com a solução Cloud Plus também é possível otimizar processos, reduzindo custos e aumentando a produtividade da sua empresa. A Algar Telecom possui uma equipe de consultores especializados que poderá ser contratada para auxiliar em todo o processo de transição para a nuvem.

Caso sua empresa precise de ajuda em questões relacionadas a bancos de dados e sistemas operacionais, também poderá contar com o auxílio de especialistas em TI.

Descubra a solução ideal para sua empresa, entre em contato conosco para saber mais.

 

Avalie este post