Estratégias para gerenciamento de senhas corporativas

Não é segredo que as senhas são o caminho de acesso a dados e serviços confidenciais. Porém, muitas pessoas ainda falham quando o assunto é gerenciamento de senhas, o que dá margem a ataques virtuais.

Uma pesquisa da Microsoft e da Marsh na América Latina mostra que, entre mais de 600 empresas pesquisadas, somente 16% das organizações brasileiras aumentaram seu orçamento para medidas de cibersegurança após a pandemia de covid-19 e o aumento do trabalho remoto.

Na prática, empresas ficam vulneráveis a vazamentos de dados e prejuízos financeiros e de reputação. Confira por que o gerenciamento de senhas é essencial para evitar problemas dentro da organização e com clientes. 

Conexão no mundo digital: a importância do gerenciamento de senhas 

Com a overdose de informação a que as pessoas estão submetidas, lidar com múltiplas palavras-chave para acessar diferentes contas acaba se transformando em motivo de transtorno. Por isso, muita gente utiliza a mesma senha para várias contas ou utiliza senhas fracas, que podem ser roubadas facilmente. 

Fazer gerenciamento de senhas é medida essencial para evitar problemas como vazamento de dados e prejuízos posteriores, como já destacamos. Ao contrário do que se pensa, gerenciar senhas não é anotar tudo em um papel.

Um gerenciamento significa ter senhas exclusivas por conta, armazená-las em local seguro, criptografado e compartilhar tais palavras-chave com funcionários de forma segura, sem riscos para interceptação. 

Por que as empresas devem considerar essa prática?

O principal motivo que as empresas devem considerar o gerenciamento de senhas é, sem dúvida, a segurança cibernética. Com um forte gerenciamento, é mais difícil que suas informações pessoais sejam comprometidas. 

Senhas fracas dão margem a invasões a dados sensíveis. Os gerenciadores garantem que senhas fortes sejam geradas, diminuindo os riscos de vazamentos. Ademais, gerenciadores de senhas permitem que as mesmas sejam administradas em um único local, o que facilita o compartilhamento e a atualização das palavras-chave.

Outro ponto é que violações de dados têm o potencial de gerar grandes prejuízos financeiros às empresas. Neste sentido, o gerenciamento de senhas corporativas é o caminho para reduzir a chance de vazamentos, evitar gastos desnecessários com reconstrução de dados e prejudicar a reputação da empresa perante clientes. 

4 possíveis riscos advindos da fragilidade de senhas

Ter senhas fracas e comuns dá margem a vazamentos e diversos problemas. A seguir, mensuramos alguns riscos que os dados da sua companhia correm sem uma proteção adequada com boas palavras-chave.

1. Força bruta e ataques de dicionário

A falta de gerenciamento de senhas dá margem aos métodos chamados “brutos” (quando são usadas determinadas técnicas para testar combinações de senhas) ou os chamados “ataques de dicionário” (quando criminosos usam listas de palavras para tentar adivinhar a senha).

2. Comprometimento de contas

Não é demais lembrar que não ter senhas fortes é um risco para que criminosos acessem as suas contas online, assumam o controle delas e realizem atividades criminosas sob a sua identidade.

3. Malware

Caso suas senhas sejam descobertas, suas contas podem ser usadas para propagação de malwares (vírus, ransomware ou spyware) para outros usuários. 

4. Ataques de engenharia social

Isso ocorre quando invasores, com posse da senha, persuadem outros usuários a fornecerem as suas senhas e/ou disponibilizar dados sensíveis.

As estratégias mais comuns neste caso são o envio de e-mails de phishing, mensagens falsas e chamadas telefônicas fraudulentas, o que dá margem para uso indevido de dados e crimes como extorsão.

Tempo e facilidade: o desafio de criar senhas adequadas para o ambiente empresarial 

Um cofre ou gerenciador de senhas nada mais é do que um software que permite o armazenamento e o gerenciamento de várias senhas em um só lugar. Ter um cofre de senhas é de suma importância para garantir a segurança de informações, tanto pessoais quanto profissionais em um ambiente corporativo.

Uma das grandes vantagens de um cofre de senhas é que, com ele, só é necessário memorizar a senha mestra. Afinal, ao inseri-la quando usar o cofre, é possível recuperar qualquer outra palavra-chave que precisar. 

Mais uma dica não é somente criar senhas adequadas, mas também ter o gerenciamento de acessos às contas da empresa.

Isto é, deixar claro quais colaboradores devem acessar determinados arquivos conforme a criticidade deles. Afinal, violações de segurança podem ocorrer devido ao compartilhamento não autorizado de senhas entre funcionários e o uso de senhas antigas de ex-colaboradores. 

Somente pessoas autorizadas podem consultar informações específicas, o que evita compartilhamento indiscriminado de senhas e reduz a chance de vazamentos. 

Mas o que é uma senha forte? Especialistas recomendam que as senhas possuam uma combinação de números, símbolos, letras maiúsculas e minúsculas e que também seja a mais longa possível.

Claro, não se recomenda, sob hipótese alguma, usar senhas previsíveis, como data de nascimento, números sequenciais (“123456”) e palavras clichês, como princesa. 

Outra dica é mudar as suas senhas periodicamente (a cada três meses, por exemplo), pois diminui a chance de vazamentos por hackers.

Por fim, mas não menos importante, é imprescindível não usar a mesma senha em suas contas pessoais e profissionais, para minimizar danos em caso de um eventual vazamento de senhas. 

Por que a sua empresa precisa de um gerenciador de senhas?

Um bom gerenciador de senhas implanta senhas fortes e únicas, mais difíceis de serem descobertas, o que reduz chances de ataques em escala, além de atualizar senhas periodicamente de forma automática.

Outra vantagem dos gerenciadores é a definição de permissões específicas para cada usuário, o que garante um controle de acesso mais seguro. Assim, as senhas não são compartilhadas por ferramentas como e-mail, o que diminui a chance de vazamentos. 

De toda forma, são ferramentas fáceis de usar, com possibilidade de preenchimento automático e acesso em diferentes dispositivos.

Junto aos gerenciadores de senhas, recomendamos as seguintes práticas para um melhor aproveitamento dessas ferramentas:

  • treinamento à equipe com conscientização quanto à importância de criar senhas fortes e como gerenciá-las de forma segura;
  • utilizar autenticação de dois fatores para adicionar segurança extra às suas contas e sistemas;

Proteja suas informações com segurança – Conheça a Algar Telecom

O gerenciamento de senhas não precisa ser uma tarefa complexa. Com as ferramentas certas, é possível que todas as suas senhas corporativas sejam acessadas facilmente e com toda a segurança garantida!

Como apresentamos neste artigo, um bom gerenciador traz comodidade, ao mesmo tempo que garante o acesso seguro às senhas corporativas. Quer garantir a segurança dos seus dados? Baixe nosso Ebook gratuito com 7 dicas essenciais para ajudar sua empresa a dar os primeiros passos!  

 

Avalie este post