7 ótimas ferramentas de monitoramento de rede para empresas

Quais são as ferramentas de monitoramento de rede? 

Monitorar conexões pode ser um desafio, especialmente pela quantidade de dispositivos e informações a serem gerenciados. Neste contexto, as ferramentas de monitoramento de rede ajudam as empresas a acompanhar tudo de forma eficiente.

Com os processos cada vez mais virtualizados, é crucial ter uma rede confiável e segura para proteger os dados e garantir a eficiência da organização.

Para isso, os softwares de gerenciamento ficam responsáveis por rastrear o tráfego da rede, identificar problemas e fornecer estatísticas detalhadas. 

Além disso, algumas ferramentas permitem que os administradores da rede configurem alertas para determinados eventos, o que significa que eles serão notificados imediatamente se houver qualquer problema. 

Essas soluções tornam-se cada vez mais essenciais para qualquer empresa que dependa de uma rede para se comunicar e armazenar dados. 

Pensando nisso, listamos as principais ferramentas de segurança de rede para compartilhar com você e te ajudar a encontrar a melhor escolha para o seu negócio.

Aproveite a leitura!

Garanta a segurança de rede para o seu negócio com o SD-WAN Super Seguro da Algar Telecom!

Leia também:

As 7 melhores ferramentas de monitoramento de rede

Conheça as ferramentas de segurança de rede para empresas

De maneira resumida, as ferramentas de monitoramento de rede são usadas para monitorar o tráfego e identificar problemas nas conexões

Elas variam desde ferramentas simples, que mostram o número de conexões ativas, até soluções mais complexas, que monitoram o tráfego em tempo real e fornecem dados detalhados sobre o comportamento da rede. 

Ao monitorar computadores em rede, esses sistemas podem ajudar a identificar e diagnosticar problemas, bem como evitar interrupções inesperadas, que prejudicam a operação.

Há uma grande variedade de ferramentas de monitoramento de rede disponíveis, cada uma com seus próprios recursos e capacidades exclusivos

Escolher o recurso certo para suas necessidades é fundamental para garantir a segurança e o funcionamento pleno da rede, permitindo a resolução rápida de problemas.

Preparamos uma lista com os 7 principais programas para monitorar rede. Descubra quais são elas e conheça as características de cada uma a seguir.

Munin

A função do Munin é realizar pesquisas e ajudar a sua empresa a identificar as principais tendências do mercado.

Para isso, a solução utiliza uma interface web e vários plugins com o objetivo de organizar todos os dados coletados, que são compartilhados por meio de gráficos bem completos e de fácil leitura. 

Com as informações oferecidas pelo programa, é possível ir além das tendências e identificar também problemas na rede e nos aplicativos, assim como nos dispositivos da organização.

Por ser uma das ferramentas de monitoramento de rede mais simples de usar e por trazer dados altamente relevantes, é muito indicada para pequenas empresas ou negócios que estão em crescimento.

Além de promover a segurança do sistema, o Munin também é um grande aliado nas estratégias de competitividade, contribuindo para a identificação das demandas e expectativas dos consumidores.

Spiceworks

O Spiceworks é um software de gerenciamento de rede totalmente gratuito, com foco na gestão de ativos de TI. 

Dentre as funcionalidades oferecidas, a plataforma disponibiliza o monitoramento de rede, que permite rastrear toda a infraestrutura crítica de TI, incluindo dispositivos IP e servidores.

Além do monitoramento, o sistema também conta com recursos de suporte técnico, responsáveis por funções como:

  • geração de relatórios;
  • gerenciamento de chamados;
  • integração com diretórios ativos;
  • automação de normas para os chamados.

Todos os recursos e ferramentas de monitoramento de rede podem ser utilizados nas versões local e na nuvem. 

Com opção de aplicativo para smartphones no sistema iOS e Android, o Spiceworks é conhecido pela praticidade no uso e pela variedade de funcionalidades, especialmente por ser um sistema gratuito.

Por essas características, é muito utilizado por empresas de pequeno e médio porte. Entretanto, vale destacar que, por ser gratuita, a ferramenta apresenta uma quantidade significativa de publicidades. 

É importante considerar esse ponto em relação a experiência do sistema para entender se ele é a melhor opção para o seu negócio.

Apesar disso, a plataforma pode ser uma boa forma de testar funcionalidades e identificar as necessidades da empresa sem precisar investir recursos financeiros para isso.

Zabbix

Outra opção de software gratuito é o Zabbix, programa que conta com código aberto e apresenta funcionalidades para o monitoramento de redes, aplicativos e servidores.

Um dos principais destaques da solução é a sua capacidade de usar técnicas mais avançadas na identificação de problemas.

A plataforma oferece a opção de detecção automática de dispositivos, com alertas emitidos quando anormalidades são identificadas.

O Zabbix ainda vai além e disponibiliza as seguintes funcionalidades:

  • opções de integração;
  • recursos de notificações;
  • efetivação de comandos de maneira remota;
  • geração de gráficos a partir de dados da rede.

Por ser um software bem completo, com opções de análise mais avançadas, é indicado para empresas de todos os tamanhos e variados segmentos. 

Como ele tem código aberto, os usuários costumam fazer atualizações e adicionar novos recursos com frequência.

Essa é mais uma das ferramentas de monitoramento de rede com infraestrutura na nuvem, o que traz mais praticidade para o armazenamento e segurança da informação.

Assim como o Spiceworks, esse programa também tem aplicativo disponível para dispositivos do sistema iOS e Android. 

O Zabbix ainda tem software local ou opção de solução hospedada, o Zabbix Cloud. 

Como se trata de um programa gratuito, é claro que ele também tem suas limitações. As configurações são um pouco mais complicadas e as opções de documentação e treinamento são mais superficiais. 

Nagios

Assim como o Zabbix, o Nagios é um software de gerenciamento de rede com infraestrutura de código aberto, o que permite aos usuários compartilhar, modificar e atualizar a ferramenta para qualquer finalidade.

O programa permite monitorar serviços e hosts, emitindo alertas ao identificar problemas e também ao solucioná-los.

Funcionalidades mais avançadas, como integração de componentes de rede e gráficos de dados, podem ser encontradas nos complementos desenvolvidos por outros usuários.

Normalmente, a Nagios já apresenta notificações padrões de ferramentas de monitoramento de rede, que podem ser suficientes para um acompanhamento básico e eficiente.

Sua versão gratuita, o Nagios Core, já é bem completa por conta do código aberto, que traz diversos complementos e APIs desenvolvidos pela comunidade. 

Além dela, é possível encontrar uma opção comercial desenvolvida pela empresa, a Nagios IX, com opções de planos pagos. 

O ponto negativo da versão gratuita é a interface web, que apresenta um layout menos intuitivo. 

Além disso, a personalização da ferramenta também pode dificultar a sua configuração, sendo necessário um bom conhecimento e dedicação de tempo para fazer os ajustes. 

É uma boa ferramenta para organizações de diversos tamanhos. 

Cacti

Com grande destaque para a sua flexibilidade, o software Cacti é capaz de monitorar elementos de rede, uso do CPU, programas, dispositivos e largura de banda utilizada.

A plataforma é conhecida por sua interface simples e por ter ferramentas de monitoramento de rede para recolhimento rápida de dados.

O sistema ainda gera gráficos detalhados a partir dessa coleta de informações da infraestrutura de rede, garantindo um gerenciamento otimizado do monitoramento, seja para redes simples ou para as mais complexas.

As funções do Cacti ainda podem ser expandidas por meio de plugins, permitindo uma maior personalização da ferramenta.

Exatamente por ter essa capacidade de se adaptar a diferentes tipos de demandas, o Cacti é uma solução que atende muito bem as empresas, independente do porte ou do segmento de atuação.

O sistema funciona por meio de servidor web. 

Checkmk

Outra opção entre as ferramentas de monitoramento de rede gratuitas e com código aberto, o Checkmk usa plugins para recolher informações de diferentes softwares e hardwares.

A partir disso, o sistema permite o acompanhamento de servidores, aplicativos, logs e eventos, tudo via protocolos HTTP, SNMP e APIs.

Entre as funcionalidades do software, ainda podemos destacar:

  • análise de log de dados;
  • rastreamento de inventário;
  • criação de gráficos e relatórios;
  • sistema de alertas e notificações;
  • detecção automática de problemas.

Com opções de hospedagem local ou remota, o Checkmk é fácil de usar e, por ser personalizável, é capaz de atender empresas de diferentes portes, com diferentes necessidades.

A versão gratuita é chamada de Checkmk Raw, mas também está disponível um plano Entreprise, com opção de monitoramento para até três dispositivos.

PRTG Network Monitor

Fechando a nossa seleção de ferramentas de monitoramento de rede, temos o software PRTG Network Monitor, uma opção paga, porém muito abrangente.

Com essa plataforma, é possível acompanhar o desempenho da rede, o tráfego e também as aplicações. Além de registrar todos os parâmetros de uso, o sistema ainda armazena tudo para análise e tratamento de dados posterior.

O programa oferece diversas funcionalidades, como:

  • notificações personalizadas;
  • recurso de varredura automática da rede;
  • alertas em tempo real totalmente ajustáveis;
  • criação de gráficos, tabelas e relatórios, exportáveis em diversos formatos.

Uma das principais vantagens do PRTG Network Monitor é a flexibilidade do sistema, que pode ser utilizado por interface web, desktop ou ainda por suas versões de aplicativo para iOS e Android, que permitem o monitoramento remoto.

Ele pode ser aplicado em toda a área de TI e é indicado para empresas de diversos tamanhos.

Como escolher o melhor software de gerenciamento de rede?

software de gerenciamento de rede: como escolher?

Existem diversas opções de software para monitorar rede disponíveis no mercado, mas a verdade é que não existe uma única solução ideal para todas as organizações.

Isso porque cada empresa vive uma realidade diferente, com demandas, objetivos e atividades diárias distintas.

Diante disso, é preciso considerar alguns fatores para escolher a melhor opção entre as ferramentas de segurança de rede. Anote essas dicas:

  • conheça as necessidades da sua empresa;
  • avalie as funcionalidades disponíveis nos softwares;
  • pesquise avaliações de outros usuários sobre as ferramentas;
  • compare as limitações de cada plano, incluindo em relação ao número de usuários.

A partir dessa análise inicial, selecione duas ou três ferramentas de monitoramento de rede para fazer testes e entender qual delas funciona melhor para o seu negócio.

Vale usar as versões gratuitas para realizar essa fase de testes, explorando todas as funcionalidades e conhecendo melhor os recursos fornecidos.

Procurando por ferramentas de segurança de rede? Conte com a Algar Telecom

Além das sugestões de ferramentas de monitoramento de rede já compartilhadas, temos uma excelente opção, que reúne tudo o que você precisa para garantir a segurança das informações em um só lugar.

Esse é o software SD-Wan, desenvolvido pela Algar Telecom. O sistema traz segurança reforçada para a sua rede, com estrutura completa de SOC (Security Operations Center).

Além disso, a ferramenta permite o gerenciamento e a priorização de tráfego, garantindo uma melhoria de performance, proteção contra invasões, vírus e spyware, assim como uma operação simplificada.

Tudo isso disponível em uma solução nativa em nuvem, capaz de oferecer flexibilidade e maior agilidade no processo de monitoramento, mesmo a distância.

 

Conheça mais sobre a solução no vídeo abaixo:

Dúvidas frequentes:

monitorar computadores em rede: dúvidas frequentes

Confira a resposta para as dúvidas mais comuns sobre as ferramentas de monitoramento de rede.

Quais são as ferramentas de monitoramento?

As principais ferramentas de monitoramento de rede são Checkmk, PRTG Network Monitor e SD-Wan.

Para escolher a melhor opção, analise as necessidades da sua empresa. O SD-Wan, por exemplo, oferece funcionalidades de segurança avançada, gerenciamento simplificado 24h e solução nativa em nuvem que possibilita o controle remoto.

Como monitorar o tráfego na rede?

A melhor forma de acompanhar o tráfego é com o auxílio das ferramentas de monitoramento de rede, como a solução SD-Wan, desenvolvida pela Algar.

Fazer esse controle é fundamental para evitar problemas que afetam a produtividade e a segurança da rede. 

Com uma estrutura completa para proteção de dados empresariais, o software SD-Wan contribui para a agilidade, otimização e segurança da área de TI.

Conclusão

Com tantas redes e dispositivos para gerenciar, é fácil perder o controle e deixar espaço para problemas de segurança. 

Por isso, ter as ferramentas certas para monitorar a rede pode ser vital para o sucesso da empresa.

Ao longo deste conteúdo, compartilhamos 7 delas, com funcionalidades diferentes, versões pagas e gratuitas, e recursos exclusivos.

Além dessas, você também conheceu o SD-Wan, software que reúne todas as principais funcionalidades e ferramentas de monitoramento de rede, com segurança reforçada para proteção dos dados.

Para escolher a melhor solução, lembre-se de considerar as necessidades do seu negócio, conhecer os recursos e limitações de cada programa, e avaliar a qualidade desses serviços.

Avalie este post