Política de Segurança da Informação: o que é e como desenvolver?

Pessoa analisa dados em notebook. As empresas precisam estar atentas à política de segurança da informação.

Desde que a LGPD entrou em vigor no Brasil, o tema Política de Segurança da Informação ganhou ainda mais relevância em todas as organizações. 

Como vimos no texto “LGPD: os direitos e deveres de clientes e empresas” do Blog da Algar, todas as empresas precisam obedecer à Lei 13.709/2018 no que se refere à coleta, tratamento e compartilhamento de informações.

O objetivo dessas determinações é proteger os dados pessoais dos usuários. Por isso, para se adequar a ela e não correr o risco de sofrer punições, as empresas devem adotar as soluções necessárias para garantir que os dados em seu poder estejam sempre seguros.

Por isso, faz todo o sentido conhecer mais sobre política de segurança cibernética. E mais do que isso, buscar maneiras de realizar uma transição natural, positiva e segura de lidar com os dados da sua empresa. 

Neste artigo, falaremos sobre:

  • O que é política de segurança da informação?
  • Quais os 5 princípios básicos da segurança da informação?
  • Por que devo adotar uma política de segurança na empresa?
  • Como fazer uma política de segurança da informação eficiente?
  • Como implementar a política da informação?
  • Por que se preocupar com a política da informação em 2022?

Para você já ir se preparando para melhorar a segurança da sua empresa, baixe o e-book: SD-WAN Super Seguro: como ter conectividade de qualidade na sua empresa.

Leia também:

O que é política de segurança da informação?

Uma política de segurança da informação é um plano de ação que guia sua organização, garantindo que seus dados e sua rede sejam protegidos contra possíveis ameaças de segurança.

Diante disso, ela também cria normas para acessos aos dados armazenados, principalmente relacionados aos clientes da sua empresa.

Como um exemplo simples, você pode pensar nessa política, que deve ser feita em forma de documento, como um elo entre seus colaboradores, processos internos, segurança e tecnologia. 

Quando uma violação de segurança acontecer, por exemplo, é muito provável que um dos termos estipulados na PSI falhou.

Em suma, a política de segurança no ambiente digital define normas, procedimentos, ferramentas e responsabilidades às pessoas que lidam com essa informação. Tudo para garantir o controle e a segurança dela na empresa.

A PSI é, formalmente, o documento que dita quais são as regras aplicadas dentro da empresa para uso de recursos tecnológicos e descarte de informações.

Quais os 5 princípios básicos da segurança da informação?

Para preservar os dados e informações (novo petróleo nessa sociedade amplamente digital), você precisa implantar sua política de segurança da informação, e o termo não é brincadeira. 

Os dados agora são sinônimo de poder, e sua empresa precisa defender esse capital para manter vantagem competitiva em relação aos concorrentes e ficar em conformidade com a Lei.

Lembrando que as ameaças à segurança da informação estão cada vez mais sofisticadas e podem assumir diversas formas, desde um ciberataque até desastres naturais e por erros humanos. 

Para tirá-la do papel, deve-se entender 5 princípios básicos da segurança da informação:

  • Confidencialidade
  • Integridade
  • Disponibilidade
  • Autenticidade
  • Irretratabilidade

Confidencialidade

A confidencialidade é o primeiro pilar da segurança da informação. E faz muito sentido, já que é ela que garante que os dados estejam acessíveis a determinados usuários e restritos a outros não autorizados. 

Portanto, em se tratando de política de segurança da informação, é um componente essencial da privacidade, pois se aplica a informações sigilosas.

São os chamados dados pessoais, sensíveis e financeiros, dentre outros. Como gestor de TI, deve incluir medidas de proteção como controle de acesso, criptografia, senhas fortes, entre outras estratégias. 

É bom lembrar ainda que a confidencialidade dos dados pessoais de usuários é requisito central da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

Integridade

Mulher analisa dados em dois computadores. Um dos princípios da política de segurança da informação é a integridade dos dados.

Aqui está um aspecto que diz respeito à preservação, precisão, consistência e confiabilidade de dados em seu ciclo completo de vida. 

Implemente mecanismos de controle para evitar que as informações sejam alteradas ou deletadas por usuários não autorizados.

Disponibilidade

Quanto à disponibilidade, esse aspecto é determinante para que um sistema de informação seja benéfico. 

Isso significa que todos os dados que sua empresa coleta ou compartilha precisam estar seguros, mas acessíveis e disponíveis sempre que necessário. 

E em tempo integral, 24 horas por dia, 7 dias da semana, pelos usuários finais.

Para cumprir esse requisito em sua política de segurança da informação, você precisa garantir a estabilidade e o acesso permanente às informações dos sistemas. 

Para tanto, use processos de manutenção rápidos, eliminação de falhas de software, atualizações constantes e planos para administração de crises.

Autenticidade

A autenticidade é o pilar que valida a autorização do usuário para acessar, transmitir e receber determinadas informações. Para tanto, usa mecanismos básicos: logins e senhas, podendo fazer uso também de recursos como a biometria.

Assim, tal pilar da segurança na tecnologia da informação identifica — autentica — a identidade dos usuários antes de liberar o acesso aos sistemas e recursos. 

É uma forma de garantir que não se passem por terceiros e que os dados fiquem vulneráveis.

Irretratabilidade

Este é um pilar inspirado no princípio jurídico da irretratabilidade. Ele zela e garante que uma pessoa ou entidade não possa negar a autoria da informação fornecida. 

Funciona de forma semelhante ao uso de certificados digitais para transações on-line e assinatura de documentos eletrônicos. 

Em se tratando da política de segurança da informação, significa a capacidade de provar o que foi feito, quem fez e quando fez em um sistema, impossibilitando a negação das ações dos usuários.

Por que devo adotar uma política de segurança na empresa?

Porque sofrer uma violação de segurança é algo realmente muito caro para qualquer tipo de empresa. 

E pelas regras da LGPD, se houver vazamento indevido das informações pessoais de clientes, que deveriam ser protegidas de acordo com as políticas de privacidade, as multas podem variar entre R$ 50 milhões e 2% do faturamento total dela.

Diante desse alto nível de risco, fica muito claro que ter uma política de segurança da informação em vigor é essencial, inclusive para pequenos negócios. 

No entanto, não é apenas a questão financeira que pesa nessa decisão de implementar a PSI. 

Dica de leitura: Transformação Digital para pequenas empresas.

Vamos entender melhor sobre isso por meio de 4 pontos que comprovam a importância desse documento em todas as empresas e organizações?

  1. A política de segurança de internet ajuda você a melhorar a postura geral de segurança de sua organização. Isso significa que há menos incidentes de segurança em empresas que usam o PSI, já que os problemas são evitados preventivamente.
  2. Uma política de segurança da informação prepara melhor os colaboradores e processos sobre requisitos de auditoria e conformidade. Ou seja, no caso de um processo de fiscalização, fica muito mais fácil comprovar quais os protocolos e as normas de segurança utilizadas.
  3. Ela também melhora o nível de responsabilidade por parte dos usuários. As partes mais interessadas na segurança da sua organização são os clientes, que não querem ter seus dados expostos indevidamente. E usar a política de segurança da informação melhora o reconhecimento da sua empresa no mercado por conta desse quesito.
  4. Além disso, fornece à sua organização uma estrutura sólida de segurança. Em torno da comunicação interna e externa, haverá sempre uma estratégia bem definida em termos de segurança, o que ajuda a manter uma estrutura sólida por trás das informações corporativas.

Como fazer uma política de segurança da informação eficiente?

Equipe de trabalho faz videoconferência em sala de reunião. Para fazer uma política de segurança da informação na sua empresa, é preciso a atualização do login dos colaboradores.

Essa política de segurança cibernética deve abranger uma variedade de atividades práticas, como:

  • Atualização de seus Termos de Privacidade
  • Configuração das estações de trabalho da sua organização
  • Atualização de login dos colaboradores
  • Criação de novos procedimentos de acesso a dados

Para isso, muitas vezes, é necessário criar uma equipe multidisciplinar, pessoas com habilidades jurídicas, tecnológicas e de gerenciamento de pessoas unidas para criar um projeto realista e possível de ser aplicado. 

Como implementar a política da informação?

Antes de tudo, existem alguns pontos que devem ser levados em conta como:

  • Entender a situação da atual da empresa 
  • Elaborar normas 
  • Comparar aos objetivos da empresa 
  • Comunicar o RH 
  • Treinar os colaboradores 
  • Avaliar periodicamente 

Após isso, sua empresa deve dar é atualizar seus termos de privacidade. Isso é essencial para deixar claro qual o nível de cada usuário (gerencial, administrativo, visitante).

Outro ponto fundamental é que a política de segurança da informação deve ser informada a todos que fazem parte de sua cadeia de negócios. 

Ou seja, explicar o que é, qual a sua importância e por que a empresa precisa ter uma boa política de segurança.

É preciso abordar também o que se espera deles e ajudar a “educá-los” em novos procedimentos de segurança que devem seguir. Para garantir que você esteja efetivamente protegendo em conformidade, é necessário que:

  • Normas técnicas que funcionem para evitar violações
  • Seja possível detectar possíveis ameaças
  • Crie regras de acesso às informações
  • Analise atividades suspeitas
  • Forneça correção rápida no caso de problemas

Por que se preocupar com a política da informação em 2022?

Homem mexe em dados em três monitores. A LGPD torna ainda mais importante o conhecimento da política da informação.

A LGPD é um dos grandes motivos para se preocupar com a política da informação em 2022, devido às punições prescritas na Lei para quem não estiver em conformidade e às multas de valor alto.

Outro ponto importante que ampliou o debate e a real necessidade de uma política e segurança da informação é a Transformação Digital

Acelerada pela pandemia, a transformação digital já está presente no mercado corporativo, e cada vez mais empresas estão adotando a tecnologia como base de suas operações.

Essas inovações que se consolidaram nos últimos anos permitiram a modernização de inúmeros segmentos, e agora também conquistam cada vez mais o mundo corporativo. 

No entanto, embora a transformação digital aparente ser um conceito do futuro, trata-se de um fenômeno que está acontecendo no presente e é fundamental que as corporações se atentem para essa mudança.

Como a Algar Telecom pode te ajudar?

Diante de tudo isso que falamos acima, a Algar Telecom mostra como garantir a segurança dessas informações na sua empresa. 

Isso porque, como um profissional/gestor de tecnologia da informação, você tem a missão de tomar as decisões, de ser o guardião da confiabilidade, segurança e conformidade do uso de dados.

Portanto, nossa dica para cumpri-la é investir no Cloud Backup da Algar, uma solução de armazenamento corporativo completa, intuitiva e segura de backup como serviço. Você tem um painel de gerenciamento on-line simplificado, fácil de escalar, com pagamento por uso e atendimento próximo.

O armazenamento em nuvem é mais útil para empresas que buscam por soluções de produtividade e mobilidade. Assim, não é uma solução perfeitamente adequada para proteger dados críticos do seu negócio. 

O Cloud Backup garante mais proteção às suas informações, pois comprime e criptografa os seus dados. Ele garante proteção de informações e arquivos contra imprevistos como queda de energia, problemas técnicos, falhas no servidor ou quaisquer outros ocorridos à sua operação. 

Dessa forma, o risco de vazamento de qualquer dado, seja ele sensível ou não, é zero. 

O Cloud Backup dá tranquilidade, porque mantém seus dados protegidos de diversos tipos de ameaças. Já pensou se acontece alguma coisa e a empresa perde todos os dados? 

Como você já sabe, uma simples falha de energia pode colocar tudo a perder. Além disso, para facilitar o seu dia a dia, o Cloud Backup permite que você crie rotinas de backup e automatize o processo. E mais: ele é escalável, ou seja, você não tem preocupação com falta ou sobra de capacidade, e só paga pelo que utilizar.

E para completar esse rol de benefícios, temos o suporte 24 horas da Algar Telecom, com equipe técnica especializada, sempre disponível. 

Tudo para que você foque no que é importante: o crescimento do seu negócio.

Perguntas frequentes

Quais são as políticas de segurança da informação?

A política de segurança cibernética deve abranger uma variedade de atividades práticas, como:

  • Atualização de seus Termos de Privacidade
  • Configuração das estações de trabalho da sua organização
  • Atualização de login dos colaboradores
  • Criação de novos procedimentos de acesso a dados

Quais os 5 princípios básicos da segurança da informação?

Os 5 princípios básicos da segurança da informação são:

  • Confidencialidade
  • Integridade
  • Disponibilidade
  • Autenticidade
  • Irretratabilidade

Qual o objetivo de uma política de segurança da informação?

Proteger os dados que uma empresa tem e a responsabilidade de guardar com medidas de seguranças sérias e bem executadas.

Política de Segurança da Informação e LGPD: qual a ligação? 

A LGPD é um dos grandes motivos para se preocupar com a política da informação, devido às punições prescritas na Lei para quem não estiver em conformidade e as multas de valor alto.

Por isso, para se adequar a ela e não correr o risco de sofrer punições, as empresas devem adotar as soluções necessárias para garantir que os dados em seu poder estejam sempre seguros.

Conclusão

A Algar Telecom está comprometida em oferecer segurança para os líderes de gestão de tecnologia do Brasil. 

Estamos sempre desenvolvendo novas perspectivas de segurança e eficiência organizacional. Fique atento às nossas novidades e conte sempre com a nossa ajuda.

Avalie este post