Cibersegurança para serviços financeiros: 3 estratégias simples que sua empresa pode adotar

Não é novidade para ninguém que a modernização dos serviços financeiros e as mudanças no hábito do consumidor geraram um número crescente de usuários digitais. De 2018 para 2022, por exemplo, houve um aumento de 73% no número de brasileiros com contas exclusivamente neste formato, segundo um estudo da Global Digital Banking.

Dessa forma, as vulnerabilidades e os riscos de cibersegurança aumentaram rapidamente, deixando as instituições financeiras muito mais expostas, com os serviços financeiros passando a enfrentar cada vez mais ameaças cibernéticas. No entanto, as ações de cibersegurança evoluíram na mesma proporção que o crescimento das ameaças.

Neste artigo, vamos explorar por que as empresas de serviços financeiros precisam prestar atenção às novas regras de cibersegurança, bem como mostrar algumas estratégias e melhores práticas para garantir a segurança de seus dados e serviços.

Continue a leitura e confira!

Primeiro, como a cibersegurança funciona?

Dados recentes da pesquisa encomendada pela Microsoft, por exemplo, mostraram que apenas 16% das empresas entrevistadas aumentaram seu orçamento em segurança da informação e cibersegurança durante a pandemia. 

Nesse cenário de ataques, o ransomware, por exemplo, é um ataque cibernético que bloqueia os sistemas usados pelas empresas financeiras e exige o pagamento de um resgate em moeda virtual para desbloquear os dados dos clientes. E o nosso país é o quarto maior alvo desse tipo de ataque no mundo, sendo o principal alvo latino. Nessa análise, metade dos ataques de ransomware tiveram sucesso no Brasil.

Na prática, a cibersegurança inclui diversas ações e aplicações de segurança, como:

  • a implementação de autenticação de dois fatores para usuários online;
  • Soluções MSSP;
  • backups regulares de dados;
  • algoritmos de criptografia para proteger dados confidenciais;
  • uso sistemático de atualizações de segurança, por exemplo.

Qual a importância de um planejamento efetivo em cibersegurança pela empresas?

O objetivo dos ataques cibernéticos é extrair informações confidenciais ou dinheiro, o que pode gerar resultados extremamente prejudiciais para os negócios. Dessa forma, a importância de um planejamento em cibersegurança garante a proteção dos ativos da empresa, se tornando crucial para:

Proteção de dados sensíveis da empresa e de terceiros – empresas costumam lidar com um grande volume de dados e informações confidenciais, como seus ativos financeiros e de clientes. Um planejamento efetivo em cibersegurança garante a proteção dessas informações contra acessos indevidos, vazamento e roubo;

Prevenção contra ataques – um plano de cibersegurança bem elaborado permite que as empresas monitorem e identifiquem possíveis ameaças, bem como implementar medidas proativas para evitar futuros ataques. Um bom planejamento inclui uso de firewalls, atualizações de software e monitoramento de rede contínuo;

Garantia de reputação – ataques cibernéticos de grande porte costumam gerar um impacto negativo significativo no histórico de mercado de uma empresa. Perda de dados e exposição de informações sigilosas também levam a perda de confiança dos clientes, o que pode abalar a saúde do negócio. Um plano de cibersegurança contribui para mitigar esse cenário.

Além disso, a cibersegurança e a Lei Geral de Proteção de Dados ( LGPD ) estão intrinsecamente relacionadas neste contexto, pois ambas estão focadas na proteção das informações e da privacidade dos indivíduos.

A cibersegurança, por sua vez, diz respeito às práticas e medidas adotadas para proteger os sistemas de informação contra ameaças cibernéticas, como ataques de hackers, roubo de dados e invasões. Essas ameaças podem comprometer a segurança dos dados pessoais e violar a privacidade das pessoas.

Além disso, a LGPD exige que as organizações adotem medidas adequadas de segurança para proteger os dados pessoais que coletam, armazenam e processam. Isso inclui a implementação de controles técnicos e organizacionais para prevenir acessos não autorizados, garantir a integridade dos dados e evitar vazamentos.

Por isso, é vital que as empresas de serviço financeiro tenham um plano de ação bem planejado para proteger suas informações e a de clientes dos ataques virtuais.

Para cultivar o ambiente de segurança ideal, estratégias de cibersegurança eficazes são essenciais para antecipar ameaças virtuais e prevenir eventuais prejuízos financeiros. 

3 estratégias de cibersegurança para sua empresa

É importante destacar que as ações de cibersegurança devem levar em consideração o perfil da sua empresa e a forma como ela atua no mercado. Assim, separamos aqui três estratégias que você pode levar em consideração na maioria dos casos:

1- Implementar autenticação multifator (AMF):

A autenticação multifator (AMF) é uma medida essencial para fortalecer a segurança das contas dos clientes em bancos digitais. Além de uma senha, a AMF exige uma segunda forma de autenticação, como um código enviado por SMS, um token físico ou um aplicativo de autenticação.

Isso adiciona uma camada extra de segurança, tornando mais difícil para os invasores obterem acesso não autorizado às contas. A AMF ajuda a mitigar o risco de ataques de força bruta e roubo de identidade, fornecendo uma barreira adicional de proteção.

2- Adotar criptografia de ponta a ponta:

A criptografia de ponta a ponta é fundamental para proteger as comunicações sensíveis entre os clientes e o banco digital. Ela garante que os dados transmitidos sejam codificados e só possam ser decifrados pelos destinatários pretendidos.

Ao implementar a criptografia de ponta a ponta, mesmo que um invasor intercepte as informações, elas permanecerão ilegíveis e inúteis. Isso é especialmente importante para proteger dados confidenciais, como informações de login, detalhes de transações e dados pessoais dos clientes.

3- Realizar auditorias de segurança regulares:

A realização de auditorias de segurança regulares é uma prática vital para identificar e corrigir possíveis vulnerabilidades nos sistemas e na infraestrutura do banco digital. Essas auditorias podem envolver testes de penetração, análise de código, avaliação de riscos e revisão de políticas de segurança.

Ao conduzir auditorias de segurança de forma sistemática, a instituição financeira pode identificar falhas de segurança, pontos fracos e áreas que necessitam de melhorias. Isso permite que a empresa tome medidas proativas para mitigar riscos e fortalecer sua postura de segurança, garantindo que seus sistemas estejam atualizados e protegidos contra as ameaças em constante evolução.

Conheça a Algar Telecom 

A Algar Telecom é uma empresa brasileira que atua nos setores de Telecom e TI, oferecendo uma variedade de soluções de serviços gerenciados de segurança em nuvem, além de ser um parceiro estratégico na venda de AWS e Azure.

Nosso portfólio em Tecnologia da Informação é focado em quatro jornadas:

Infraestrutura de TI – A evolução constante do cenário digital no mercado demanda uma infraestrutura capaz de lidar com os desafios atuais e futuros. Nesse contexto, se torna essencial que as empresas invistam em medidas de segurança adequadas para proteção de seus dados.

Investir em uma infraestrutura de TI digital que seja segura e escalonável é fundamental para que as empresas possam oferecer experiências digitais diferenciadas, assim como melhorar a produtividade dos colaboradores, ampliar a satisfação dos clientes e obter vantagens competitivas no mercado atual. Nossa infraestrutura inclui Colocation, Hosting, AWS, Azure, Cloud Backup e Cloud Plus. 

Segurança – Ao adotar uma abordagem abrangente de cibersegurança e garantir a proteção de todas as camadas da empresa, as organizações podem fortalecer a confiança dos seus clientes, reduzir os riscos cibernéticos e proteger seu negócio de possíveis violações de segurança. Nossas soluções incluem Anti-DDoS, SOC – Gerenciamento de Segurança, SD-WAN Super Seguro, Vision MEDR, SIEM e WAF. 

Conectividade – Sabemos que a conectividade desempenha um papel fundamental no funcionamento dos negócios. Reconhecendo essa importância, nos comprometemos em oferecer soluções abrangentes, que permitam uma comunicação eficiente e o compartilhamento de informações em tempo real e que realmente impulsionam o sucesso do seu negócio. A solução inclui SmartFI Pro, Smart Connect, Atendimento Premium e NOC – Gerenciamento de Rede.

Futuro do Trabalho – Ao planejar estrategicamente para a integração, colaboração e produtividade em diferentes ambientes de trabalho, as empresas podem criar um ambiente harmonioso e eficiente, onde as equipes se sintam conectadas e motivadas, independentemente do seu local de trabalho. 

Isso resulta em uma força de trabalho mais engajada, maior eficiência operacional e melhores resultados para o negócio como um todo. O pacote de serviços em Futuro do Trabalho inclui Microsoft 365, Teams e Voz, Controle de Ponto, SMS Solution, Omni Pro, Next Vision Control, Cloud Phone Pro. 

Descubra a solução ideal para sua empresa, entre em contato conosco para saber mais.

Avalie este post