Afinal, o que é nuvem híbrida?

Ao longo dos anos, a tecnologia ficou cada vez mais presente na rotina das empresas, se tornando um fator muito importante para engajar mudanças que desenvolvessem o diferencial competitivo da marca. Diante disso, as corporações passam a explorar o melhor de cada uma das ferramentas tecnológicas, tal qual a nuvem híbrida.

De maneira geral, o cloud computing foi uma grande tendência e hoje se tornou um dos principais meios de manter a produtividade no ambiente de trabalho e a agilidade na prestação de serviços. O professor Ramnath Chellappa inventou essa tecnologia em 1997 e com o passar dos avanços temos um compartilhamento de informações com maior eficiência entre computadores.

Entretanto, do que necessariamente se trata tal solução composta por elementos diferentes? Quais benefícios ela traz no aprimoramento do seu negócio? É o que veremos nos tópicos abaixo. Portanto, permaneça conosco e tenha uma boa leitura!

A nuvem pública e a privada

Como falamos no início, a computação em nuvem não é mais nenhuma novidade. Nos últimos anos, inclusive, vimos diversas empresas migrarem suas cargas de trabalho para a nuvem — todas com o objetivo de otimizar seu ambiente de TI. 

Hoje, existem dois modelos principais de implantação: a nuvem pública e a privada. Basicamente, a primeira opção ocorre quando uma empresa terceirizada é contratada para suprir as necessidades de uma determinada marca em relação a cloud computing. Desde aplicativos sob demanda ou um sistema de armazenamentos com toda uma infraestrutura compartilhada. 

Paralelo a isso, o modelo privado é destinado à empresas que desejam ter acessos a algum recurso específico que ajudará na prestação de serviços de um determinado setor. Ou então um seleto grupo da organização. A diferença entre as duas são os meios que cada qual tem acesso e pode gerenciar. 

A junção de recursos para atender demandas específicas

Conforme cada modelo apresenta vantagens e usos distintos, a maioria das organizações usa uma combinação de recursos de ambas arquiteturas. Tudo isso é uma ótima forma de melhorar os fluxos de trabalho e tornar as atividades dinâmicas e com uma atrativa integração homem-máquina, conforme a proposta da Indústria 4.0.

Basicamente, isso inclui a combinação de recursos de computação privados (data centers e nuvens privadas) aliados a serviços públicos — este é o ambiente que chamamos de nuvem híbrida, um opção muito popular na atualidade e que as marcas precisam se atentar na importância que ela traz.

As empresas já perceberam que precisam de muitos tipos diferentes de serviços em nuvem para atender a uma variedade de necessidades dos clientes. Sob esse ponto de vista, esse ambiente híbrido as ajuda a seguir um caminho que contribui na otimização de resultados.

Veja mais >> TI híbrida: entenda qual tipo de aplicação deve ir para a nuvem

O que é a nuvem híbrida?

Consequentemente, ela nada mais é do que uma combinação dos recursos de um ambiente público com um privado. Essa junção permite à empresa garantir a estrutura necessária para usufruir dos benefícios de cada modelo, para cada momento em que são mais adequados.

O resultado é um ambiente de computação distribuído, unificado e flexível. Dessa forma, uma organização pode executar e escalar suas cargas de trabalho tradicionais ou nativas da nuvem no modelo de computação mais apropriado.

Em suma, utilizar uma arquitetura de nuvem híbrida permite que uma empresa:

  • combine os melhores serviços e funcionalidades de cada nuvem para lidar com suas cargas de trabalho
  • escolha o ambiente de computação em nuvem ideal para cada atividade
  • mova cargas de trabalho livremente conforme suas necessidades internas

Diante dessas informações, é interessante investir na adoção da TI Híbrida. Afinal, é necessário que o empresário entenda qual tipo de aplicação deve ir para a nuvem. Assim ele poderá aumentar a capacidade produtiva dos colaboradores e das máquinas, bem como focar em ativos digitais que trazem segurança, agilidade e economia em ambientes corporativos.

TI e nuvem Híbrida

Com o fim de aprimorar serviços de TI internos e externos, a nuvem híbrida é uma ótima forma de dialogar com o melhor dos recursos disponíveis do servidor próprio e da nuvem. De maneira geral, esse tipo de TI que combina dois modelos de arquiteturas de hardware disponíveis, prepara a empresa para o futuro e aumenta a credibilidade da marca.

Entretanto, é essencial que ocorra um gerenciamento eficiente de ativos digitais, além de um redesenho de processos para poder identificar falhas, gaps e oportunidades de melhorias nas operações. Sob esse ponto de vista, os responsáveis por executar tais atividades precisam renovar o conhecimento constantemente e sempre apostar na qualificação profissional.

Aliado a isso, a companhia é capaz de escolher alguns dos principais modelos desse serviço na intenção de consolidar uma estrutura de TI híbrida. Confira abaixo!

  • SaaS (Software as a Service)
  • IaaS (Infrastructure as a Service)
  • PaaS (Platform as a Service)

E porque utilizá-la?

Atualmente, é muito importante focar em melhorias na gestão da sua empresa. Os avanços tecnológicos são constantes e cabe ao departamento de TI ter conhecimento das novidades que o segmento apresenta, bem como escolher as principais ferramentas que colaboram no processo de otimização de resultados dos ambientes corporativos.

A nuvem híbrida é uma ótima oportunidade de gerar mudanças na cultura organizacional que impactam a organização em sua totalidade. A segurança na hospedagem é um fator que traz a credibilidade do público interno e externo. Sobretudo agora que a LGPD está em vigor e as marcas precisam se adequar aos critérios presentes nessa lei.

A cloud torna o ambiente seguro e, conforme o monitoramento dos responsáveis, é possível diminuir os riscos de ataques e identificar vulnerabilidades. Desse modo, sua empresa ganha mais eficiência operacional, permite a redução de custos com hardware e facilita o compartilhamento de arquivos nas respectivas partes interessadas. 

Ou seja, é um investimento que agrega muito valor à melhoria da prestação de serviços e permite um maior controle das suas atividades. 

Benefícios de uma nuvem híbrida para empresas

Segundo estimativas da Statista, espera-se que o mercado de nuvem híbrida salte de 52 bilhões de dólares em 2020 para 145 bilhões de dólares em 2026. E é possível imaginar o porquê.

A computação em nuvem híbrida permite que uma empresa implante suas cargas de trabalho mais sensíveis em uma nuvem local e hospede recursos menos críticos em um provedor de nuvem pública terceirizado. Essa abordagem permite que as organizações obtenham o melhor de cada modelo e usufruam dos principais benefícios que ela traz. Confira abaixo quais são eles.

Flexibilidade

Na nuvem híbrida os usuários trabalham com vários tipos de dados em ambientes distintos e ajustam sua infraestrutura. Uma empresa pode construir um ambiente que atenda às suas necessidades, usando sistemas tradicionais e também a mais recente tecnologia de nuvem, sem um compromisso total com um único fornecedor.

Dessa forma, a empresa usará um serviço que se adequa às necessidades de cada departamento. Diante disso, o negócio passa a ser mais escalável ao elevar a performance e agir de maneira assertiva.

Gestão de custos 

Com uma nuvem privada, as organizações possuem e operam a infraestrutura do data center, o que requer despesas de capital significativas e custos fixos. Como alternativa, a nuvem pública oferece recursos e serviços que são contabilizados como despesas variáveis ​​e operacionais. Os usuários da nuvem híbrida podem optar por executar cargas de trabalho em qualquer ambiente que seja mais econômico.

Em suma, a importância desse gerenciamento precisa estar bastante clara na mente dos respectivos gerentes. Afinal, é fundamental que esses profissionais saibam compreender melhor a razão dos custos em busca de melhorar o desempenho e centralizar informações para manter a produtividade do negócio.

Agilidade e escalabilidade 

A nuvem híbrida oferece mais opções de recursos por meio de um provedor de nuvem pública em comparação com o data center físico de uma organização. Isso torna mais fácil provisionar, implantar e dimensionar recursos para atender aos picos de demanda.

Sob esse ponto de vista é possível promover redução dos prazos e otimizar o uso dos dados corporativos para melhor experiência do usuário com a sua marca. Além disso, os profissionais da área terão autonomia tanto na resolução de problemas quanto na tomada de decisões.

Conformidade 

As restrições de conformidade sobre onde os dados podem residir significam que as organizações em setores altamente regulamentados não podem mover todas as cargas de trabalho para um ambiente público. 

Com a nuvem híbrida, as organizações podem manter os dados em um ambiente privado enquanto operam cargas de trabalho na nuvem, ou podem operar cargas de trabalho em um data center privado e mover dados para a nuvem pública conforme necessário.

Resumindo, uma arquitetura de nuvem híbrida é uma maneira econômica de conectar seus vários sistemas de dados enquanto equilibra suas necessidades.

Embora construir e integrar uma nuvem híbrida seja complexo e possa consumir muito tempo, muitas vezes as recompensas potenciais mais do que compensam a difícil curva de aprendizado.

Conheça a solução Cloud Plus da Algar Telecom

Para gerenciar os custos e controlar sua arquitetura híbrida, você pode utilizar o Cloud Plus da Algar Telecom. A solução simplifica o gerenciamento dos modelos de nuvem, além de reduzir custos e otimizar seus processos

Dessa forma, a empresa terá um controle maior das atividades e valorizará a segurança no armazenamento na nuvem. Além disso, é possível transferir dados sem custos adicionais e aumentar sua demanda conforme for a necessidade de cada time. 

Em outras palavras, a empresa passará a aumentar a sua produtividade e terá uma infraestrutura de TI que apresenta uma grande vantagem competitiva no mercado do qual faz parte. O Cloud Plus garante a proteção segura de ponta a ponta que ajuda a impedir sua empresa de ataques e crimes cibernéticos

Conclusão

Sem dúvidas, neste conteúdo você teve a oportunidade de ampliar seu conhecimento em cloud computing e percebeu o quanto a nuvem híbrida é vantajosa para a melhoria e escalabilidade do seu negócio. Por meio dela é possível realizar a otimização de custos com um servidor terceirizado e melhorar a produtividade na equipe de TI.

Portanto, se deseja investir na segurança dos dados armazenados com um serviço que aumenta o desempenho dos serviços e que torna, até mesmo, a operação mais sustentável,  conte com uma solução que é considerada uma verdadeira revolução quando o assunto é armazenamento em nuvem.

Conheça a solução que trará mais segurança e controle para sua nuvem. Visite nosso site e veja as soluções propostas para a sua marca!

Avalie este post